Un "logro" mas del castrismo: el derrumbe de edificios y del "espíritu revolucionario" ya inexistent

Los carroñeros de La Habana están de plácemes. Una masa de escombros, ladrillos, ...

Los narcos desafían al estado en Brasil: buscan apoderarse de territorios para traficar drogas

(Desde San Pablo, Brasil) - Brasil tiene que hacer frente a nuevas rutas ...

Persecución en Venezuela: el régimen detuvo a 31 civiles y militares por supuestos complots contra e

La Fiscalía General de Venezuela anunció el lunes la detención de 31 ...

La Marina de Estados Unidos aseguró que Irán está “directamente involucrado” en los bombardeos de lo

Irán está “muy directamente involucrado” en los ataques a barcos que los ...

Dólar sobe a R$ 4,988 após Lula anunciar plano para indústria; Bolsa cai

O dólar subiu 1,24% e fechou o dia vendido a R$ 4,988. É ...

Artigos: Brasil
STF precisa de camisa de força e usa o direito (que não tem) de espernear PDF Imprimir E-mail
Escrito por Indicado en la materia   
Domingo, 26 de Noviembre de 2023 17:28

 

O jus-filósofo Montesquieu, que desenvolveu a teoria da tripartição dos poderes do Estado-nação, faleceu em fevereiro de 1755, na França.

Agora, em pleno ano 2023, Montesquieu voltou a morrer. Só no Brasil, frise-se, pois vivíssimo e atual no mundo civilizado. Dessa vez, Montesquieu restou assassinado pelo STF… - Veja mais em https://noticias.uol.com.br/colunas/walter-maierovitch/2023/11/26/stf-limites-constitucionais-pec-senado.htm?cmpid=copiaecola

O jus-filósofo Montesquieu, que desenvolveu a teoria da tripartição dos poderes do Estado-nação, faleceu em fevereiro de 1755, na França.

Agora, em pleno ano 2023, Montesquieu voltou a morrer. Só no Brasil, frise-se, pois vivíssimo e atual no mundo civilizado. Dessa vez, Montesquieu restou assassinado pelo STF.

Última actualización el Lunes, 18 de Diciembre de 2023 14:51
 
Cuba, a ilha-prisão, Por Leonardo Coutinho PDF Imprimir E-mail
Escrito por Indicado en la materia   
Sábado, 11 de Noviembre de 2023 17:39

Os Jogos Pan-Americanos de Santiago terminaram e dez membros da delegação de Cuba não voltaram para casa. Eles decidiram permanecer no Chile, onde tentarão obter refúgio ou asilo. As notícias sobre a decisão dos atletas de não embarcar para Cuba quase sempre tratam os casos como “deserção”.

Um conceito militar que é empregado para aqueles que não cumprem suas obrigações, rompem um pacto para com seu grupo ou causa, ou viram as costas para o país em situações de serviço ou conflito. Sem forçar a mão na interpretação, quem deserta flerta com a traição. Por isso, é correto chamar de “desertor” quem foge de uma ditadura?

Última actualización el Viernes, 01 de Diciembre de 2023 16:22
 
Análise: A cortina que encobre a viagem de Lula a Cuba PDF Imprimir E-mail
Escrito por Indicado en la materia   
Domingo, 17 de Septiembre de 2023 16:27

Por Luiz Carlos Azedo.- 

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ontem, na cúpula do G77 China, em Cuba, voltou a pedir que países em desenvolvimento tenham financiamento para transição energética.

Lula assumirá a presidência do G20 no ano que vem e pretende propor a criação de um Grupo de Trabalho em Ciência, Tecnologia e Inovação voltado para os países em desenvolvimento -  (crédito: pacifico)

O petista defendeu que este grupo "não tem a mesma dívida histórica dos ricos". Para Lula, o financiamento climático deve ser assegurado aos países em desenvolvimento segundo suas necessidades". Defendeu a "industrialização sustentável" e lembrou que os países ricos têm uma "dívida histórica" pelo aquecimento global.

Última actualización el Sábado, 11 de Noviembre de 2023 17:52
 
Vigilância e atos de repúdio amordaçam o 15/11 em Cuba PDF Imprimir E-mail
Escrito por Indicado en la materia   
Martes, 16 de Noviembre de 2021 22:17

Por Yoani Sánchez.- 

As ruas quase vazias e a tensão no ar. Foi o que viveu Havana nesta segunda-feira (15//11), dia em que grupos independentes haviam convocado uma Marcha Cívica pela liberdade dos presos políticos e por uma mudança democrática na ilha. Nas mesmas avenidas e lojas que dois dias antes estavam repletas de gente, neste 15 de novembro havia apenas policiais uniformizados ou à paisana.

Homens penduram bandeiras cubanas sobre as janelas da casa do ativista da oposição Yunior García Aguilera, numa tentativa de impedi-lo de se comunicar com o mundo exterior, enquanto ele segura uma flor com o braço estendido para fora da janela.

Um dia antes, o dramaturgo Yunior García Aguilera – um dos principais organizadores do protesto pacífico – ficou trancado em sua casa, com turbas oficiais gritando à sua porta. Apesar de o impedirem de deixar a residência, os repressores não puderam evitar que o ativista entregasse para a história de Cuba a imagem de um poderoso espírito cívico: um homem preso em sua própria casa, estendendo a mão para fora da janela com uma rosa branca.

Última actualización el Martes, 30 de Noviembre de 2021 22:15
 
STF - OS EUNUCOS MORAIS PDF Imprimir E-mail
Escrito por Indicado en la materia   
Martes, 16 de Junio de 2020 02:50

Artigo – das redes sociais do autor: “STF – Os eunucos morais ...

Por CARLOS JOSÉ RIBEIRO DO VAL.- 

 

São coadjuvantes da destruição de uma democracia que começava a despontar, hipócritas de um teatro macabro, vassalos da criminalidade. Esse fantasma vai seguramente assombrar os seus descendentes, mas nem isso os afeta.
Ao invés de guardiães da Constituição como se arvoram, são os prostitutos constitucionais, estafetas da imoralidade e da desesperança, gigolôs do poder absoluto da contravenção, e dos seus defensores feitos milionários pelo dinheiro do crime vindo dos cofres públicos.


STF - OS EUNUCOS MORAIS
Por CARLOS JOSÉ RIBEIRO DO VAL

 


Somente daqui a alguns anos a nação brasileira vai entender o tamanho do dano que o Supremo Tribunal Federal está fazendo com esse país.
E estão fazendo isso por diversas razões. Uma delas é porque são um bando de egocêntricos apátridas embriagados pelo poder, psicologicamente imaturos, e que não tem grandeza moral para desempenharem o papel de juízes.
Eles são aproveitadores das benesses e das carcaças de um país apodrecido pela corrupção, cujos políticos ladrões são amparados pelo foro privilegiado, pela lentidão planejada da justiça, e pela fraqueza moral que impera principalmente naquela corte.
São coadjuvantes da destruição de uma democracia que começava a despontar, hipócritas de um teatro macabro, vassalos da criminalidade. Esse fantasma vai seguramente assombrar os seus descendentes, mas nem isso os afeta.
Ao invés de guardiães da Constituição como se arvoram, são os prostitutos constitucionais, estafetas da imoralidade e da desesperança, gigolôs do poder absoluto da contravenção, e dos seus defensores feitos milionários pelo dinheiro do crime vindo dos cofres públicos.
Eles não sabem o que é construir uma nação. Eles se dobram a um líder corrupto, bêbado, vendedor de ilusões, e entregador de desgraças, que quebrou o país e as suas instituições.
Esses supostos juízes são mais baixos que os desinformados que votam no ilusionista pigmeu, amoral e analfabeto. Eles são cúmplices do populismo devorador do progresso e do desenvolvimento. São verdadeiros assassinos da evolução civilizatória de um povo.
Esses lenientes doentios, pretensos artistas eruditos de televisão, consumidos por uma vaidade injustificada com tintas de psicopatia, são os torpedeadores da esperança nacional. Os trejeitos efeminados de um deles, na tentativa de projetar uma grandeza inexistente revela a fraqueza moral e a vaidade desmedida. Os argumentos exagerados e mutantes do outro revela que Saulo Ramos tinha razão; é um juiz de merda. As mudanças de opinião de outro revela o caráter mercantilista de sua personalidade e o DNA coronelista que não consegue disfarçar. A necessidade de outro de agradecer o emprego arrumado pela mãe, através da amizade com a mulher do presidente ultrapassa todos os limites, chega a ser patética, se não fosse trágica, o seu clamor por generosidade para com o corrupto condenado. Outro, advogado partidário, não precisaria estar lá, bastaria enviar o voto pelo correio, pois todos os brasileiros já sabem como vai votar. É um voto partidário, a favor da criminalidade.
Essa corte é o próprio retrato de Sodoma e Gomorra, chegamos ao fim dos tempos.
Depois de Lula, eles vão libertar Cabral, Cunha, Geddel, Palocci, Beira-Mar, só para mencionar uns poucos. Esses exploradores do lenocínio político que se tornou a nossa nação transformaram a Suprema Corte em guardiã do assalto aos cofres públicos, protetora das máfias partidárias, masturbadores persistentes das mazelas nacionais.
A corja do STF é pior que Lula, Michel Temer, Palocci, Geddel, Lucio Vieira Lima, Renan Calheiros, Eduardo Cunha, Eliseu Padilha, Romero Jucá, Jader Barbalho, juntos. Esse pessoal só queria roubar a nação, eles tinham um propósito. Mas eles não tinham o poder de condenar a nação ao eterno inferno do subdesenvolvimento e da violência.
Os políticos podem ser expulsos pelo voto, o que não é possível com os “Kalifas do STF” que deveriam ser juízes em benefício do povo e não no próprio. Eles só podem ser retirados pelo Congresso, onde estão os corruptos que os colocaram lá.
Eles tem o poder de condenar o país ao inferno do subdesenvolvimento, e decidiram fazer exatamente isso. O pequeno e frágil conjunto de regras da democracia é constantemente estuprado pelos parasitas supremos, para proteger criminosos famosos. Então eles são mais criminosos do que os criminosos que protegem. Quem defende bandido, bandido é.
Veja-se a decisão da cassação da chapa Dilma-Temer, onde o Presidente na época prestou um serviço sujo ao seu mestre, deturpando a legislação e a constituição, para mostrar gratidão a quem lhe deu o emprego. Veja-se o outro soltando o amigo e parceiro de negócios do Rio, por diversas vezes seguidas. Aos amigos tudo, aos inimigos a Lei. E o outro que pediu vistas do caso do foro privilegiado, depois de já ter a maioria formada. É ou não é um agente do obscurantismo defendendo o interesse dos seus mestres.
Os longos e hipócritas argumentos de proteção da constituição proferidos quando a televisão está filmando se esvaem quando, em lugar da proteção da constituição, entregam a cocaína da leniência populista e hipócrita para deleite dos saqueadores da nação.
São todos muito iguais, nomeados pelos criminosos que deveriam julgar, parceiros nos crimes contra a nação. Eles são, da mesma forma que os corruptos, traidores da nação e dos brasileiros em geral.
Diga-se por justiça, que não são todos iguais. A Corte faz uma maioria macabra, mas existem almas solitárias que se rebelam contra isso, em homenagem à própria consciência, mas são minoria.
Essa corte poderia se chamar Supremo Tribunal da Fornicação, ou Tribunal da Eterna Prescrição. Ao longo da sua história, julgou menos de 5% dos processos que lá chegam.
Vejam o caso de Renan Calheiros, com 11 processos e nenhum anda. Romero Jucá, Eliseu Padilha, Michel Temer, Lucio Vieira Lima, só para mencionar alguns nomes. Meu Deus, o Brasil não merece isso. Todos esse pessoal está protegido pelo STF. E agora o princípio Lula vai valer para todos. Os criminosos da Lava Jato vão estar todos soltos, desfrutando do saque dos últimos anos, e dividindo com os coadjuvantes dessa obra grotesca.
Esses juízes não se importam se os seus nomes fizerem parte do esgoto da história. Eles querem o aqui e agora... que se dane o futuro. São hedonistas, amorais radicais, midiáticos embriagados, não se importam em ser vilões, desde que sejam remunerados adequadamente e estiverem na TV. O maior mercador da Corte se comporta como Primeiro Ministro e degusta da mesma forma o poder sobre o presidente e parlamentares enrolados, como do comando dos jagunços de Mato Grosso. Ele aprecia muito os dois papéis. Esse é o maior psicopata, que tem os políticos todos na mão, e sem nenhum pudor desfruta disso avassaladoramente.
O que fazer? Precisamos no mínimo execrar esses personagens macabros da desgraça nacional. Ir para rua. Introduzir mais leis de iniciativa popular. Mudar a forma de indicar os juízes da Suprema Corte. Bandidos no Executivo, bandidos no Legislativo, e bandidos no Judiciário, todos se protegem, não farão leis que beneficiem o país, a não ser com pressão popular.
Votem em pessoas que nunca estiveram lá. Vamos trocar todos. Só o povo na rua para acabar com esse incesto criminoso entre membros de todos os poderes. Vamos começar indo para rua , para tentar reverter o salvo conduto do molusco pinguço e doente.”
“(Nota: essa publicação tem autor e notoriedade pública)”
Agora, somente cabe a nós povo de bem; fazer circular, com a mais absoluta velocidade, tal qual à da luz, ok?

 

Última actualización el Sábado, 27 de Junio de 2020 00:57
 
«InicioPrev12345678910PróximoFin»

Página 1 de 92